Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Revisão da matéria 2012...

30.12.12publicado por Gato Pardo

Pois é.

Ainda não foi desta que este blog implodiu. Ou o seu escritor.

Tenho andado aqui às voltas com o ano de 2012 a tentar destacar os highlights. Vejamos...

 

- Não tenho qualquer vaga recordação dos primeiros 7 meses do ano. O que significa que ou passei os ditos em estado de alcoolémia avançada ou que tenho uma mente de tal forma selectiva que simplesmente me borrifei para todo e qualquer acontecimento.

- Agosto foi um mês bom. Estive de férias, logo em estado de alcoolémia avançada. Ah, e crepes. Lembro-me que algures no Algarve fazem crepes bons para caraças. Não me recordo é onde, o que dá força à teoria da alcoolémia avançada.

- Setembro. Zero. Nada. Népia.

- Outubro. Estou cá por obra e graça do espírito santo. Ok, não é totalmente verdade. Tenho um anjo da guarda que por alguma razão que desconheço, até me grama e recusa-se a fazer gazeta nas alturas que mais preciso dele. Vi o meu maior fetiche realizado e destruído em meros segundos. Vi-me rodeado de meia dúzia de enfermeiras jeitosas e disse...

- Eu sabia que o inferno era bem melhor do que diziam...

Depois, apareceu-me um médico com ar respeitável e barba aparada...

- F*da-se, isto não é o inferno...Você não tem ar de quem se porta mal...

Dois meses de recuperação. Esse sim, foi o verdadeiro inferno. Mas muito tempo para pensar. Decisões tomadas.

 

Não tenho quaisquer expectativas para 2013. Tenho certezas.

Um bom ano para todos.

Cheers!!!

Natal dos Hospitais...

13.12.12publicado por Gato Pardo

Admito.

Por momentos, fui apanhado a ver o Natal dos Hospitais.

Três ilações.

 

- O coro de Santo Amaro de Oeiras mantém-se extremamente jovial apesar de andarem a cantar a mesma música vai para 500 anos. Até as vozes me soam as mesmas. Só o facto de metade dos putos se esquecerem de mexer a boca é que me leva a crer que era um playback.

- Registo com indignação não ter visto nenhum senhor do INEM com um disfibrilhador à vista no momento da actuação da Ágata ou do coro de meninas do Tony Carreira. Nunca se sabe se algum senhor lhe dá o badagaio perante tanta chicha à vista e toda a gente sabe que com tantos cortes, disfibrilhadores não é coisa que se encontre nos hospitais por estes dias...

- Um amigo meu confidenciou-me a sua tristeza por não ver a Cristina Ferreira a apresentar o programa. Expliquei-lhe que com a tendência da senhora para mostrar ultimamente a roupa interior em programas televisivos, isso levaria a que o nome do certame tivesse de ser alterado para "Natal dos Genitais". Embora ache que isso não lhe causasse muita celeuma...